Mulher é convidada a sair de restaurante por 'roupa muito provocante'

junho 08, 2019




Uma mulher, que estava com o marido em um restaurante em Erie (Pensilvânia, EUA) no último domingo (2/6), foi convidada a se retirar por estar usando uma "roupa muito provocante".

Sueretta Emke, que usava um top e um short, estava se dirigindo ao bufê quando foi abordada pelo gerente do Golden Corral. Ele argumentou ter recebido queixa de uma outra cliente


"Eu me levantei para pegar comida e o gerente me abordou disse que eu estava vestida de forma muito provocante. Ele me pediu que eu me cobrisse ou deixasse o local", explicou a americana no Facebook.

A roupa polêmica de Sueretta Emke Foto: Reprodução/Facebook(Sueretta Emke)


A mulher explicou que tinha dirigido por quase uma hora até o restaurante e que não tinha peça para se cobrir. Segundo ela, o gerente deu de ombros.

Sueretta perguntou, então, o que especificamente estava errado com a sua roupa, mas o gerente foi "evasivo".

"Ele afirmou que não era ela que tinha que dizer", comentou Sueretta.

A discussão ficou mais acalorada e, sentindo-se humilhada, a cliente resolveu deixar o Golden Corral.


Na rede social, Sueretta declarou acreditar que o problema não foi exatamente o modelito, mas, com seu peso, usar aquela roupa.

"Cada ambiente pede um traje apropriado, por mais simples que seja. Se o restaurante for um pouco mais formal, os frequentadores têm de respeitar. Independentemente do peso, roupas muito curtas, justas e de número menor, não caem bem em ninguém. 



O tipo de roupa pode ter sido um pretexto para expulsá-la do restaurante. Infelizmente, é um preconceito comum. Porém adequação é fundamental.", comentou a blogueira de moda Marianna Aloi, de 31 anos, moradora do interior de São Paulo.



Via Extra

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

LEIA OUTRAS MATÉRIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

PRÓXIMA
Next Post »