Massacre: mais de 50 presos mortos - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Massacre: mais de 50 presos mortos

Compartilhe


Foto/Reprodução: G1


Nesta segunda-feira, 27 de maio, o governo do estado do Amazonas confirmou que mais quarenta e dois presos foram encontrados mortos dentro de cadeias da cidade de Manaus, capital do estado. 

Os dados de hoje se somam ao do motim de ontem, quando quinze detentos morreram. Ao todo, agora são 57 mortes em apenas dois dias. 


De acordo com a secretária de Administração penitenciária, as mortes de hoje foram registradas nos seguintes complexos prisionais:

Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) – 27 mortos
Unidade Prisional do Puraquequara (UPP) – 6 mortos
Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM 1) – 5 mortos, além e 4 feridos levados para atendimento médico
Compaj – 4 mortos

De acordo com a Seap, “neste momento, a situação está controlada e os presos estão na tranca”. 


 O governo federal decidiu enviar militares para a região do incidente. O Ministro da Justiça, Sérgio Moro, também confirmou uma força-tarefa em torno do massacre. 

Veja abaixo um vídeo que mostra imagens da rebelião, que acabou deixando mais de 50 pessoas mortas no presídio de Manaus, no estado do Amazonas:

Nas redes sociais, o público se mostrou dividido. Enquanto parte acreditava que era preciso fazer algo para evitar que tragédias como essa voltem a se repetir, outros lembraram que as perdas, no geral, começaram de próprios movimentos de detentos feitos dentro das penitenciárias. 

Não é a primeira vez que o Brasil vive chacinas em cadeias. Em 2017, por exemplo, uma força-tarefa do governo federal junto aos estados chegou a ser necessária para evitar o pior. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages