'Estou casta há dois anos. Não sou mais aquela Andressa', revela Urach - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

'Estou casta há dois anos. Não sou mais aquela Andressa', revela Urach

Compartilhe
Andressa Urach - Reprodução da internet


Promíscua e vulgar. Esses são alguns dos 'adjetivos' que Andressa Urach usa para se referir à mulher que ela foi antes de sua conversão ao Evangelho há um pouco mais de quatro anos. 

A ex-modelo, agora apresentadora da Record no Sul, assume que usou e abusou das drogas e teve compulsão por sexo. Recentemente, descobriu uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST). "Eu era impura".

Divorciada há dois anos, ela agora é a favor da castidade antes do casamento e tem pavor de roupas decotadas e que marcam demais o corpo. Andressa, que está lançando o seu segundo livro, "Desejos da Alma", também não gosta mais de falar de ex-affairs e nem de musas e modelos que continuam atrás de fama e sucesso.


Em entrevista à colunista Fábia Oliveira, do Jornal O Dia, Andressa relembrou um pouco sua vida antes da conversão ao Evangelho. A ex-garota de programa conta também como ela fez para se livrar do vício depois de ter sofrido três overdoses. 

"Eu abri mão do sexo, das drogas e de muitas amizades que eu prezava, mas que me deixavam presa àquele mundinho nojento. 

A vida que eu tive era regada a muito sexo, drogas, bebidas, festas, baladas, noitadas e tudo isso me trazia aquela felicidade momentânea, mas eu sabia o quanto aquilo me fazia mal quando ficava sozinha. Não foi fácil. Só que a paz interior que hoje eu tenho me faz ver o quanto valeu a pena", disse.

Urach também revelou que tinha compulsão sexual e precisava fazer sexo diariamente. "Eu era doente e tinha consciência. Eu cheguei a virar sadomasoquista e também fui garota de programa. 

Não sou mais aquela Andressa. Aquela mulher vulgar e impura morreu e não existe mais", lembrou a apresentadora, que também disse ser a favor do sexo só após o casamento: "Depois que me divorciei, eu não transo com ninguém e vou ficar assim até ter um marido".

Recentemente, Andressa Urach descobriu que estava com uma Infecção Sexualmente Transmissível. A loira contou que descobriu a sífilis ao doar sangue. 


"Levei um susto. Não tenho a menor ideia onde e como peguei esse vírus. Tive uma vida terrível, era promíscua, sim, mas eu passei por várias transfusões de sangue quando eu fiquei internada por conta do problemas com hidrogel. Vai saber! O importante que fiz o tratamento e agora estou curada. Graças a Deus, descobri a tempo e me livrei de graves consequências", agradeceu.

Antes adepta das roupas apertadas e decotões, Urach revelou que nunca mais pretende usar esse tipo de vestimenta. 

"Escolhi vestir roupas mais discretas que não precisem mais marcar o corpo. Foi uma escolha, um processo natural. Sinceramente eu sinto que as mulheres me admiram muito mais por ser reservada como da forma que eu me vestia. Busquei tanto essa admiração quando eu era uma mulher vulgar. Eu me arrependo", disse.

Ela também falou sobre como se sente com as pessoas que não acreditam na sua verdadeira mudança: "No passado, quando eu não conhecia Deus, eu também achava impossível uma pessoa mudar tanto, mudar do vinho para a água. 

Mas eu não ligo. Sou agora uma mulher que não preciso provar nada. A paz que eu tenho dentro de mim supera qualquer tipo de julgamento ou aprovação das pessoas. Eu tenho Deus no coração e tenho que prestar contas pra Ele e não para as pessoas. O tempo que mostre".



Via 'meia hora'

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages