Casamento, polêmica com Anitta e com maconha: confira a entrevista com Ludmilla - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Casamento, polêmica com Anitta e com maconha: confira a entrevista com Ludmilla

Compartilhe
Ludmilla - Reprodução




Ludmilla vive hoje uma das, se não a melhor, fase de toda a sua carreira. Eleita a melhor cantora do ano pelo 'Premio Multishow de Música', a funkeira conversou com Fábia Oliveira, do Jornal O Dia, e fez um balanço de seu desempenho no trabalho neste 2019.


Dona de hits que dispararam nas plataformas musicais e que estão na boca do povo, a cantora falou também sobre sua vida pessoal, seu relacionamento com sua agora mulher Brunna Gonçalves, e ainda comentou sua recente decisão de oficializar a união.

Sem papas na língua, Ludmilla não fugiu de nenhuma pergunta e respondeu, inclusive, se usa maconha, se voltaria a cantar com Anitta e comentou a polêmica música 'Verdinha', com a qual foi acusada por um vereador de fazer apologia às drogas.

Como você avalia o ano de 2019?

Ah, foi um ano cheio de desafios para mim. Eu consegui tantas coisas que nem imaginava! Foi o ano do meu primeiro DVD, da minha primeira apresentação no Rock In Rio... Fiz três turnês internacionais: Portugal, África e Estados Unidos. Tive a oportunidade de levar dois troféus no 'Prêmio Multishow'... Fui a primeira mulher negra a ganhar o prêmio de melhor cantora. Isso foi um grande sonho! Participei da música 'Malokera' do MC Lan, com Skrillex Troy Boi e Ty Dolla, que foi tocada no desfile da Rihanna fora do país. Teve feat com Cardi B que deve chegar logo por aí... Foram muitas coisas legais. Além de ter muitas coisas bacanas para 2020, como a confirmação da minha participação no Lollapalooza Brasil.

O que de mais marcante de bom e de ruim aconteceu neste ano?

De ruim, a minha coluna. De bom, a minha evolução como ser humano.

Com quem você gostaria de fazer um feat?

Tem tanta gente... (risos). Mas Beyoncé e Rihanna sempre estão no topo. Seria demais poder trabalhar com elas. Beyoncé é uma das minhas grandes inspirações e foi por causa dela, vendo vídeos dela quando era adolescente que quis ser cantora.

Anitta disse que voltaria a cantar contigo. Você aceitaria uma nova parceria com ela?

Não sei, só o tempo pode dizer!

Dá pra fazer amigos no mundo da música? Quem são os seus amigos?

Ah, com certeza... tem muita gente bacana. Mumuzinho, Ivete Sangalo, PK... fiz muitas amizades incríveis neste mundão.

Esse ano você e Brunna resolveram morar juntas e casar. O que é mais difícil no convívio diário?

A única coisa no convívio diário é quando ela não está no mesmo lugar que eu e eu fico com saudade (risos).

Como você soube que era a hora certa de oficializar a união?

Nunca havia amado ninguém como amo a Brunna. Antes, não me via casando com ninguém, mas tudo mudou. Senti uma vontade verdadeira e quis fazer essa surpresa para nós duas. Foi um dos melhores momentos da minha vida estar ali com ela, ela dizendo sim e estar rodeada das pessoas que amamos!

O deputado federal mineiro Cabo Junior Amaral (PSL) entrou com uma representação contra você por causa da letra de 'Verdinha'. Ele alega que a letra da música fala sobre plantar, vender e usar maconha. Como você vê essa atitude?

Fiz a música 'Verdinha' para falar sobre o poder feminino, quebra de rótulos e liberdade de escolha.

Você usa maconha?

Quem acompanha meus stories sabe bem a resposta.

Qual é o próximo lançamento de Ludmilla?

Ainda não posso falar, mas tem muita coisa bacana por vir. 2019 foi um ano muito incrível para mim, e 2020 vou fazer e me esforçar ao máximo para que não seja diferente. Que venha um ano cheio de trabalho, garra, força e amor!

Você é 'barraqueira'?

Sou uma mulher que costumo lutar pelo que acredito.

Brunna não é a sua primeira relação homossexual. Por que nunca revelou antes seus relacionamentos com mulheres?

Falei no momento que me senti preparada para falar.

Você e Brunna moram juntas e trabalham juntas. Como driblar as crises?

Acho que conversa é a chave de um relacionamento saudável. Estou muito feliz com a Bru e com o que estamos construindo. Aprendemos e crescemos muito juntas.

Como está a sua carreira internacional?

Alguns feats internacionais tem acontecido já... tem rolado aos poucos. No momento certo as coisas vão acontecendo para quem luta e ama o que faz.

Você pensa em morar fora do Brasil para investir na carreira internacional?

Eu adoro viajar, porém amo o Brasil, mas também amo meu trabalho e a música, então se eu precisasse morar um tempo fora por conta do trabalho, eu iria morrendo de saudade do Brasil, mas iria (risos).

Você mudou recentemente para uma casa maior na Ilha do Governador. O que te faz permanecer na Zona Norte?

É um lugar que gosto bastante, sempre tive um carinho especial. Além de ser a realização de um sonho, né? Sempre sonhei com uma casa para mim e para toda minha família, e poder deixar ela do jeitinho que eu sempre sonhei é lindo demais.

O que podemos esperar da Ludmilla para 2020?

Uma Lud trabalhadora e empoderada que sempre corre atrás dos seus sonhos. Espero que seja um ano de muitas realizações para todos nós. Que eu continue lutando e superando todos os desafios, como sempre fiz. Que venham também muitas novidades.

Você tem alguma simpatia ou superstição de Ano Novo? Qual?

Gosto de passar com minha família, amigos e agradecendo a Deus por tudo.

O que não pode faltar na sua ceia de Réveillon?

Salada de bacalhau da minha avó.

Como é a sua relação com o seu pai? Ele esteve preso uma época e agora está livre. Como está o convívio entre vocês dois agora?

Fui criada pela minha mãe, pelo meu tio, e hoje tenho uma super consideração pelo meu padrasto que acabou também fazendo o papel que meu pai nunca fez, já que nos abandonou quando eu era bem pequena... não temos um relacionamento muito próximo, não. Falamos uma vez ou outra!

Como você se define? Quem é Ludmilla?

Ludmilla é uma mulher guerreira que mesmo com todos os obstáculos ao longo da vida, sempre conseguiu lutar e superar os desafios. Deus e minha família são a base de tudo.

Se Deus te concedesse um pedido a ser realizado em 2020, qual seria?

Eu pediria um feat com a Beyoncé (risos).



Fonte: Meia Hora





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages