Pai sai de casa para ver veículo e quando volta não encontra a filha que foi encontrada morta dias depois - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Pai sai de casa para ver veículo e quando volta não encontra a filha que foi encontrada morta dias depois

Compartilhe
Foto: Reprodução/Rápido no ar


Neste sábado (21), foi decretada a prisão temporária do homem suspeito de matar Heloá Pereira, de apenas 11 anos de idade. 

O crime ocorreu na cidade de Piedade, no interior de São Paulo. 

Ela foi encontrada com possíveis sinais de abuso no fundo de sua própria casa, dentro de uma fossa, com 18 marcas de facada.

A garota havia desparecido na quinta-feira (19) e foi encontrada na sexta-feira (20). 

O rapaz suspeito do crime se chama Elivelton Santos Furtado e é vizinho da vítima.
Publicidade

No momento, ele está foragido. De acordo com os policiais, ele teria ajudado a procurar a menina após o seu desaparecimento.

O relato policial revela que Heloá estava coberta por pedaços de madeira e com um ferimento na cabeça. Ela estava apenas com a roupa de cima, uma camiseta. 

Seu corpo estava enrolado em um lençol, um cobertor e um plástico, já em estado de decomposição, segundo o IML (Instituto Médico Legal).

Ela foi encontrada dentro de uma fossa por um vizinho que prontamente chamou a polícia. Heloá foi enterrada neste sábado (21), em sua própria cidade no Cemitério Jardim Eterno.


De acordo com o site G1, a menina foi vista a última vez dentro de casa. O pai saiu para buscar um veículo e a deixou dormindo. 

Quando ele voltou, trinta minutos depois, ela não estava mais lá.

Segundo a polícia, a menina era deixada sozinha em casa com frequência, se tornando alvo fácil para o criminoso arquitetar a ação, por conta da vulnerabilidade em que estava sendo deixada. 

A criança morava com um irmão e o pai, pois sua mãe faleceu no ano passado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages