Mulher mata companheiro atropelado e posta vídeo: 'Ele me fez sofrer' - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Mulher mata companheiro atropelado e posta vídeo: 'Ele me fez sofrer'

Compartilhe



Uma mulher atropelou o próprio companheiro duas vezes e o arrastou embaixo do carro na noite de sábado (29) em Ituverava, no interior de São Paulo. 


O homem morreu e antes da polícia chegar ao local do atropelamento, Cláudia Aparecida, de 47 anos, postou um vídeo nas redes sociais onde confessa o crime.


De acordo com a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo), ela foi presa em flagrante pela PM e levada para a delegacia da cidade, onde foi autuada por homicídio qualificado e embriaguez ao volante, já que de acordo com os PMs que a prenderam parecia embriagada. 

Ela recusou-se a fazer o teste do bafômetro, mas um médico-legista confirmou a embriaguez.

“Matei, matei porque ele falou que eu ia morrer”, afirmou Cláudia no vídeo publicado logo após o atropelamento. No vídeo, ainda é possível ouvir as sirenes dos carros de polícia chegando ao local enquanto a mulher fala para a câmera.

O crime aconteceu por volta das 20h40 no bairro Marajoara. A vítima, Adriano Joaquim Sampaio, de 45 anos, morreu no local antes de ser socorrido.

De acordo com testemunhas, o crime aconteceu na frente da casa de Cláudia. Quando ela chegou em casa de carro, teria encontrado Sampaio a esperando na calçada e o atropelou.

As testemunhas ainda contaram que após ser atingido a primeira vez, ele levantou e tentou correr, mas foi atropelado novamente, ficou preso embaixo do carro e foi arrastado por alguns metros antes do carro parar.

No vídeo, antes de ser presa, Cláudia afirma que tinha uma medida protetiva contra a vítima, mas vinha sendo ameaçada de morte por ele.

“Se eu tiver que chorar eu vou chorar, porque eu amo, mas de arrependimento eu não vou chorar. Ele me fez sofrer”, disse.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages