Assassino confesso da menina Emanuelle é encontrado morto na cadeia - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Assassino confesso da menina Emanuelle é encontrado morto na cadeia

Compartilhe



O inferno ganhou mais uma alma e o capeta está de braços abertos para este infeliz.



Um dos casos que mais chocaram o Brasil recentemente foi a morte da menina Emanuelle, de apenas 8 anos de idade. 

Ela teria sido morta pelo próprio vizinho, Agnaldo Guilherme Assunção.

Ele não apenas confessou o crime, como também ainda indicou à polícia onde o corpo da garotinha estava. 

Questionado porque cometeu um crime tão grave, Agnaldo Guilherme Assunção revelou que fez isso apenas por vingança. 

O assassino contou que a mãe de Emanuelle não deixava ela brincar com o seu enteado. Exames, no entanto, investigam se o criminoso teria ou não abusado sexualmente da menor de idade, antes de assassiná-la à facadas.

Nesta quarta-feira, 15 de janeiro, no entanto, um fato surpreendente foi revelado pelo portal de notícias G1. 

Isso porque Agnaldo Guilherme Assunção foi achado sem vida na cela onde estava, em um presídio de São Paulo e, certamente, ganhou sua passagem de ida sem volta para o inferno.


O corpo do preso foi achado já sem vida e ele estava em uma cela sozinho. 

Por isso, a principal hipótese é que o assassino de Emanuelle tenha tirado a própria vidadentro do local. 

Ainda não há informações sobre o velório e enterro do criminoso. 

A família de Emanuelle ainda não se pronunciou sobre a morte do preso. 

A polícia também não disse se investiga um possível assassinato dentro do presídio do meliante. 

A morte da menina Emanuelle não era o único crime do preso. 

Segundo o delegado Antônio José Fernandes Vieira, Aguinaldo já havia sido condenado e cumpriu pena em 1988 por ter assassinado o irmão. 

Mesmo assim, ele ficou pouco tempo na cadeia e já estava solto novamente.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages