Bandidos levam pânico a motoristas na Linha Vermelha - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Bandidos levam pânico a motoristas na Linha Vermelha

Compartilhe



Bandidos em dois carros — um Jeep Renegade e um Honda Civic — levaram pânico a motoristas que passavam pelo sentido Baixada Fluminense da Linha Vermelha, no trecho próximo à Ponte do Saber, no acesso à Ilha do Fundão, na Zona Norte do Rio, na manhã desta terça-feira. 


De acordo com o Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE), os criminosos roubaram um carro no local. Não há informações de outros motoristas assaltados.


Policiais militares tentaram interceptar os bandidos, mas eles conseguiram escapar do cerco. 

Os agentes acreditam que os criminosos tenham se escondido no Complexo da Maré, próximo ao local onde ocorreram as tentativas de assalto.

Em redes sociais, algumas pessoas comentaram sobre a situação:

"Carros voltando na contramão no início da Linha Vermelha (final da Linha Amarela) sentido Baixada. Não sabemos o motivo".

"Arrastão na #LinhaVermelha, atura da Maré, sentido Baixada".

"Mano, a gente passa na Linha Vermelha, os cara tudo com a metralhadora na mão, minha prima começou chorar, cara".
Três presos durante arrastão na Washington Luiz

Nesta segunda-feira, três suspeitos foram presos e um ficou ferido após um arrastão na Rodovia Washington Luiz, altura de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. 

Policiais militares do 15º BPM (Duque de Caxias) foram para o local após receberem uma denúncia de que os criminosos assaltavam na via e trocaram tiros com os bandidos.


Com os suspeitos uma granada e uma pistola falsa foram apreendidas.
Mortos e feridos em 2019

Em 2019, arrastões em vias expressas e ruas em todo o Estado do Rio deixaram mortos e feridos. 

No dia 2 de janeiro, um bebê que nasceu após a mãe e o pai serem baleados durante um arrastão em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, morreu.

Verônica Sabrina Sousa Silva, de 27 anos, estava grávida de seis meses quando foi atingida. Ela e o marido, José Carlos da Rocha, de 68 anos, morreram. 

Os dois haviam sido rendidos por bandidos no dia 30, na Avenida Pelotas, em Sarapuí. 

Os médicos conseguiram realizar uma cesariana e o menino resistiu por três dias.

Em fevereiro, o taxista André Hauila da Costa Reis, de 41 anos, foi morto com um tiro na cabeça, durante um arrastão na Rua Maria Lopes, em Madureira, na Zona Norte do Rio.

Um motorista e um policial militar de folga foram baleados durante um arrastão na Avenida Brasil na manhã desta sexta-feira, em agosto. 

O crime aconteceu na altura de Barros Filho, também na Zona Norte.


Via Extra



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages