Mulher morre e quatro pessoas se ferem após pularem de ônibus em movimento durante assalto no RJ - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Mulher morre e quatro pessoas se ferem após pularem de ônibus em movimento durante assalto no RJ

Compartilhe



A costureira Tânia da Conceição Mota, de 62 anos, morreu ao saltar de um ônibus em movimento durante um assalto em Pilares, na Zona Norte do Rio. 


Outras quatro pessoas que também pularam do veículo ficaram feridas e foram atendidas no Hospital Salgado Filho, no Méier. 

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, as vítimas tiveram ferimentos leves e já receberam alta.

O caso ocorreu no ônibus da linha 298 (Acari — Castelo) na noite de sexta-feira, por volta das 19h. 

Bastante abalados, os familiares de Tânia afirmam que os assaltantes teriam mandado que alguns passageiros descessem mesmo com o ônibus em movimento.

Ao saltar, a costureira que morava no Jacarezinho, bateu a cabeça no meio fio e teve um traumatismo crâniano fatal. 

Ela chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu ao ferimento.

— Minha mãe era a melhor pessoa da comunidade do Jacarezinho. 


Até os inimigos dela ela conseguia ajudar — afirmou, aos prantos, a filha Glaucia da Conceição Mota, que esteve no IML (Instituto Médico Legal) na manhã deste sábado para liberar o corpo da vítima: — Se minha mãe tivesse morrido de doença, mas não... 

De acordo com a filha, Tânia estava com os pertences escondidos no sutiã, que não foram levados pelos assaltantes. 

Ela era costureira de um ateliê que presta serviços para a Escola de Samba Unidos da Tijuca. A idosa tinha dois filhos e costumava voltar de trem para casa.

Porém, quando ia ao Mercadão de Madureira para comprar ervas medicinais para tratar uma artrose no joelho ("único problema de saúde que tinha", de acordo com Glaucia) ou presentes para pessoas da sua comunidade, ela acabava pegando para voltar do trabalho.

— Minha mãe estava cheia de saúde, com 62 anos. Perdê-la para assaltantes é inadmissível para mim.



As informações são do Jornal O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages