Não era Covid-19: Menino de 4 anos morre após ser entubado em hospital - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Não era Covid-19: Menino de 4 anos morre após ser entubado em hospital

Compartilhe



A família do menino Lucca Fernandez da Cruz, de quatro anos, morto no dia 25 de maio com suspeita de ter contraído covid-19, no em Hospital, acusa a unidade médica de negligência no processo de intubação do paciente.



O garoto teve o diagnóstco negativo para a doença em exames que ficaram prontos na última quarta-feira (3). As informações são da Record TV.



O pai de Lucca deu entrada com o garoto na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Atalaia no dia 24 de maio. 

De acordo o familiar, o menino apresentava dores no corpo, febre e uma pequena dificuldade de respirar.

Ainda segundo os parentes, Luca foi medicado e liberado. 

No entanto, ele voltou a passar mal depois de voltar para casa. 

No retorno à unidade, a criança foi encaminhada ao Hospital Regional de Cotia, já durante a madrugada.

Na chegada à unidade hospitalar, Lucca foi isolado na emergência infantil com suspeita de covid-19. 

Ainda de acordo com o pai, os médicos tentaram intubar o menino devido à baixa saturação. 

Cerca de 30 minutos depois, a família foi informada de que o garoto teria sofrido uma parada cardíaca e que havia morrido.

“Foi um procedimento muito controverso. Não queria que intubasse ele. Ele estava resistindo à máscara. 

Colocava a máscara de ar e ele resistia. Eu estava lá no momento quando foram entubar ele, eu ouvi os gritos dele dizendo para parar. 

Eu fiquei com medo de entrar lá e fazer parar tudo e ele falecer. Mas não adiantou”, contou o pai de Lucca.

O laudo da morte apontou insuficiência respiratória aguda e suspeita de covid-19. 

Como em todos os casos, a família não pode mais ter contato com o garoto. 

Outras perícias médicas são aguardadas para saber o motivo pelo qual Lucca não teria resistido.

Outro lado

Por meio da secretaria estadual de Saúde, o Hospital Regional de Cotia informou que “prestou todo o atendimento ao paciente, que deu entrada em estado gravíssimo, com saturação extremamente baixa” e que foi necessária a intubação, diante do quadro clínico.

“Apesar de todos os cuidados, não respondeu aos tratamentos e evoluiu para óbito. Foi realizado teste para a covid-19, que o resultado foi negativo”, complementou a secretaria. 

O hospital afirma ainda que permanece à disposição da família para informações.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages