Após Macedo perder igrejas, Bolsonaro toma atitude para ajudar pastores brasileiros da IURD - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Após Macedo perder igrejas, Bolsonaro toma atitude para ajudar pastores brasileiros da IURD

Compartilhe

Reprodução Record TV / Reprodução Globo


Bispo e líder da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), Edir Macedo é um dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 


Além de bispo, Macedo também é dono da Record TV e um conglomerado de comunicação em todo o Brasil. 

Em Angola, a IURD mantém muitos templos e vive um grave problema interno. 

Pastores dissidentes tomaram templos no país e romperam com a liderança brasileira. 

Neste cenário, o presidente Bolsonaro entrou em ação e enviou uma carta ao presidente de Angola, João Manuel Lourenço.

O teor da carta foi publicado pelo filho do presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL). 

Eduardo usou o Twitter para fazer a postagem. Junto com imagens da carta, ele postou um vídeo de reportagem exibida pelo Jornal da Record sobre o assunto.

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) da Polícia Nacional de Angola fez ações de busca e apreensão contra pastores da IURD no país africano. 

A ação aconteceu na última sexta-feira (10). 

Foram apreendidos câmeras de segurança, computadores, documentos bancários e livros da contabilidade.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages