Cantor sertanejo, Léo Marrone, morre com Covid-19 e deixa esposa sedada em hospital com a mesma doença - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Cantor sertanejo, Léo Marrone, morre com Covid-19 e deixa esposa sedada em hospital com a mesma doença

Compartilhe



O cantor Léo Marrone faleceu decorrente do novo coronavírus. 


Leozimar Rodrigues Cavalcante era considerado o “Novo Marrone”, o qual deixava todos de boca aberta com a semelhança com o ídolo, Bruno, da famosa dupla sertaneja, Bruno e Marrone.


Segundo informações do jornal Fátima News, o cantor sertanejo faleceu da doença na cidade de Barra do Garças, no Mato Grosso. 

Ele tinha 37 anos e estava sob observação desde o dia 6 deste mês.

O cantor ao começar os sintomas, procurou a UPA da sua cidade e ficou em observação. 

Dias depois, Léo teve uma piora em seu quadro e precisou ser internado na UTI. Ele tinha uma doença crônica, a diabetes.

A família do jovem cantor já havia passado por um momento difícil, outras pessoas de seu meio, também contraíram o vírus e alguns deles não resistiram. 


O cantor perdeu o sogro e a sogra decorrente da doença.

A esposa de Léo, Zuleica, está internada no momento, também com sintomas do novo coronavírus. 

Depois de saber que além de seus pais, também perdeu o marido, ela precisou ser sedada.

Segundo o site Metrópoles, Leozimar ficou conhecido como ‘Léo Marrone’, por apresentar uma semelhança muito grande com Bruno, além de ter uma voz incrivelmente parecida.

O cantor se apresentava e fazia shows em sua cidade, e deixou muitos fãs. Léo era muito querido onde morava, tanto pela família, quanto pelos amigos e fãs.

Após a morte do cantor ser divulgada, muitas pessoas foram nas redes sociais prestigiá-lo e dar apoio aos familiares neste momento difícil.



Além do cantor, seus ídolos de grande nome no mundo sertanejo, Bruno e Marrone, também contraíram o novo coronavírus. 

Segundo o famoso Bruno, ele teve sintomas leves e se curou tomando “cachaça”, já Marrone, contou que teve melhora em seu quadro após usar Cloroquina, e ainda mostrou apoio ao Presidente Bolsonaro ao falar do medicamento.


Via: metropoles.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages