Idosa de 92 anos morre com Covid-19 em Duque de Caxias dias após receber homenagem por cura em hospital - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Idosa de 92 anos morre com Covid-19 em Duque de Caxias dias após receber homenagem por cura em hospital

Compartilhe


A dona de casa Rosa Neves, de 92 anos, morreu com o novo coronavírus 19 dias após receber uma homenagem do Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, por ter supostamente se curado da doença.


A informação de que ela estava com Covid-19 quando morreu está no atestado de óbito da idosa, que faleceu na última segunda-feira (20) em um hospital em Duque de Caxias.

No dia 1º de julho, Rosa recebeu uma placa dizendo “Eu venci a Covid” após receber alta médica no Evandro Freire, mas a família diz que nunca recebeu o laudo do exame atestando a cura.

Neto de Rosa, Ricardo Pereira dos Santos acredita que a avó entrou no hospital apenas com mal-estar e saiu da unidade contaminada.

“Eu acredito que ela tenha se contaminado no hospital. Tenha trazido isso do hospital, da primeira vez. Até o momento que ela foi se internar, ela estava isolada completamente. Ela, meu avô e minha tia não recebiam a visita para ninguém. Eu trazia a compra e deixava na porta de casa. Eu nem entrava”, disse o neto.


Após receber a idosa em casa, outros quatro familiares apresentaram sintomas e testaram positivo para a doença. Entre eles, o marido de Dona Rosa, Edvaldo Pereira dos Santos, 93 anos.


“É desesperador, a gente fica sem saber o que aconteceu. Eu acho que ela pegou a primeira vez no hospital. Ela entrou e não tinha. Eu creio que ela pegou antes de ela sair do hospital. Tenho quase toda certeza. 

Porque aqui na família a gente não tinha nenhum caso. Eu acho que ela acabou transmitindo para a gente”, contou Eliene Pereira dos Santos, filha do casal.

A família contou ao G1 que Rosa Neves sentiu febre e procurou atendimento no Hospital Evandro Freire. 

Apesar de, segundo a família, não apresentar qualquer resultado positivo de testes para Covid-19, o hospital iniciou o tratamento. Oito dias depois, a idosa recebeu alta médica com homenagens, placa e balões da equipe médica.


Via G1



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages