Entenda o que é câncer de cólon, que matou o ator de 'Pantera Negra' - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Entenda o que é câncer de cólon, que matou o ator de 'Pantera Negra'

Compartilhe



O câncer de cólon que matou o ator Chadwick Boseman, de 43 anos, protagonista do filme "Pantera Negra" é um tipo de tumor que afeta o intestino grosso. 

Normalmente, a doença atinge também reto (final do intestino, imediatamente antes do ânus) e ânus, e por isso é conhecida como câncer de cólon e reto ou colorretal. Ele lutava contra a neoplasia há 4 anos.

De acordo com o Instituto Brasileiro do Câncer (Inca), os principais fatores de risco são idade igual ou acima de 50 anos, excesso de peso corporal e alimentação não saudável (ou seja, pobre em frutas, vegetais e outros alimentos que contenham fibras). 

Uma dieta rica em carnes processadas como salsicha, mortadela e linguiça, por exemplo, e a ingestão excessiva de carne vermelha (acima de 500 gramas de carne cozida por semana) também aumentam as chances de desenvolver este tipo de câncer. 

Fumar cigarro e consumir bebidas alcoólicas tão elevam o risco, assim como histórico familiar ou pessoal de câncer de intestino.

Segundo o Inca, doenças inflamatórias do intestino, como retocolite ulcerativa crônica e doença de Crohn, também aumentam o risco de câncer do intestino, bem como doenças hereditárias, como polipose adenomatosa familiar (FAP) e câncer colorretal hereditário sem polipose (HNPCC). Pacientes com essas doenças devem ter acompanhamento individualizado.

Os sintomas e sinais mais frequentes associados ao câncer colorretal são sangue nas fezes, alteração no hábito intestinal — diarreia e prisão de ventre alternados —, dor ou desconforto abdominal e perda de peso sem causa aparente. 

O diagnóstico é feito por meio de biópsia de uma amostra retirada por meio de um aparelho que é introduzido pelo reto.

O tratamento inicial é feito por meio de cirurgia, que retira parte do intestino afetado e os gânglios linfáticos (pequenas estruturas que fazem parte do sistema de defesa do corpo) dentro do abdome. 


Outras etapas do tratamento incluem a radioterapia (uso de radiação), associada ou não à quimioterapia (uso de medicamentos), para diminuir a possibilidade de recidiva (retorno) do tumor.


Via Extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages