'Um horror o que havia lá', diz delegado sobre casa usada por maníaco preso na Baixada; alerta aos pais! - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

'Um horror o que havia lá', diz delegado sobre casa usada por maníaco preso na Baixada; alerta aos pais!

Compartilhe
Klaus Berno Fischer - Reprodução

A casa usada como estúdio para pornografia infantil do alemão Klaus Berno Fischer, de 73 anos, em Santíssimo, Zona Oeste do Rio chocou os agentes da 35ª DP (Campo Grande) e o delegado titular da unidade, Luis Maurício Armond. 


Klaus foi preso na noite desta quinta-feira, agentes o encontraram em um sítio em Seropédica, na Baixada Fluminense. 


Durante a ação, segundo os agentes, ele tentou fugir, caiu e feriu o rosto.

"Foi um choque. Nesse tempo de polícia que eu tenho, nunca havia visto uma coisa tão bizarra, tão agressiva. Terror, mesmo. Um horror era o que havia lá. 

Requintes de sadomasoquismo além do comum. Realmente fiquei horrorizado". disse Armond em entrevista a TV Globo.

Na manhã desta quinta-feira, policiais civis localizaram a casa após uma denúncia de duas mães de vítimas que procuraram a delegacia para denunciar que as filhas haviam sido abusadas sexualmente. 

As crianças eram aliciadas por duas pessoas em favelas, segundo o investigador, atraídas por brinquedos, bens e dinheiro. 


A residência fica em uma área de mata em frente à comunidade Cavalo de Aço e possuía três cômodos para filmagens. 

Os espaços possuíam cenários infantis, como balanços, gangorras, fantasias, entre outros objetos.

Segundo o delegado, o criminoso tem uma agência de turismo. 

Há suspeitas de que a empresa também fosse usada para realizar turismo sexual e pedofilia. 


O destino do material gravado seria a Alemanha e a investigação contará com apoio da Polícia Federal.



Via Meia Hora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages