Com maioria da população negra (56,10%), Brasil fica de luto por João Alberto - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Com maioria da população negra (56,10%), Brasil fica de luto por João Alberto

Compartilhe

 

 

No Dia da Consciência Negra o Brasil, que tem 56,10% da sua população declarada negra (soma de pretos e pardos), está de luto. 

Um homem negro foi espancado e morto por dois vigilantes brancos, sendo um deles policial militar temporário, em uma unidade do supermercado Carrefour em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O crime ocorreu na noite de quinta-feira.


A vítima, o soldador João Alberto Silveira Freitas, tinha 40 anos, o Beto, tinha ido com a esposa Milena Borges Alves, de 43, fazer compras. 

Na hora de passar os produtos pelo caixa, o homem foi chamado por seguranças e começou o show de horrores, filmado por funcionários da rede e pessoas que estavam no local e tentavam intervir, mas eram impedidas. 


Milena, após passar as compras no caixa, viu as agressões contra o marido e tentou ajudar, mas foi empurrada pelos agressores. A Brigada Militar foi chamada e os dois homens foram presos em flagrante. 

Eles responderão por homicídio triplamente qualificado, por asfixia e impossibilidade de resistência da vítima.

A morte de João Alberto causou revolta nas testemunhas que presenciaram o ato brutal. Paulão Paquetá, vizinho da vítima, contou que as pessoas tentaram impedir a ação, mas sem sucesso. 

"Estava chegando no local na hora das agressões. Eu estava a uns 10 metros quando começou. Tentamos intervir, mas não conseguimos", relata.


Via O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages