Gata do crime: Delegacia de Duque de Caxias procura mulher suspeita de roubar motoristas de aplicativos - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Gata do crime: Delegacia de Duque de Caxias procura mulher suspeita de roubar motoristas de aplicativos

Compartilhe


Portal dos Procurados divulga nesta quinta-feira, dia 26/11, cartaz para ajudar a 59ª DP – Duque de Caxias – com informações que levem a localização e prisão de Thais Francisco Lima Barcelos Zampires, de 28 anos. Ela já é considerada foragida da Justiça.


Segundo processo que tramita na 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias, no dia 11 de outubro de 2020, por volta das 19h20min, a vítima, um motorista de aplicativo, estava guiando seu veículo, quando fora solicitada uma viagem por uma passageira de nome “Thay”, fato este ocorrido nas proximidades do viaduto Negrão de Lima, no bairro de Madureira, Zona Norte do Rio.

Após chegar ao local da chamada, a suposta passageira se aproximou e ingressou em no veículo, aduzindo a vítima, ademais, ter a passageira confirmado o destino da corrida como a Rua Vicente Guerreiro, nº 15, Vila São José, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. 


Durante a viagem, a criminosa teria declarado que não era do Rio de Janeiro, mas sim do estado do Espírito Santo. Ela permaneceu todo o percurso ao telefone em troca de mensagens e que, já próximo ao município de Duque de Caxias, efetuou uma ligação para alguém dizendo: “OI, amor. Tudo bem? Vamos sair hoje? Olha…estou próximo…estou chegando…daqui a pouco te ligo”.

Quando a corrida se aproximava de seu destino, ela teria ligado novamente para seu interlocutor e dito: “Amor, estou aqui perto, vai entrar na rua…se prepare, porque estou chegando”. A cerca de um minuto do destino que seria o ponto final da corrida, momento este que Thais disse “Aqui não! Vá mais um pouquinho para a frente…anda mais um pouquinho!” e que, mesmo estranhando a situação, obedeceu ao comando de “THAY” e andou mais alguns metros com o carro.

Thais chegou a entregar a vítima uma nota de R$ 100 para pagar a corrida que custou R$ 60,00, e que, ao se virar para pegar o troco, fora surpreendida com a frase “PERDEU!” proferida por um homem que estava do lado esquerdo do veículo, em frente a porta do motorista e que portava uma arma de fogo, o qual se mostrou muito violento e agressivo e subtraiu os pertences da vítima (aparelho de telefonia celular modelo Samsung A7, quantia em espécie de R$ 370,00, máquina de pagamento Mercado Pago), além do próprio veículo.


Após diligências, a Autoridade Policial da 59ª DP obteve a qualificação de “THAY”, identificando-a como Thais Francisco Lima Barcellos Zampires (CPF 108.197.447-86), pessoa oriunda do estado do Espírito Santo.

Ela possui antecedentes criminais no estado do ES, já tendo sido inclusive detida em flagrante no referido estado pelo crime de tráfico de drogas, sendo egressa do Sistema Penitenciário, conforme prontuário policial acostado aos autos, sendo ainda investigada como participante em outro delito que apresenta o mesmo modus operandi do aqui investigado e é objeto de investigação por meio do procedimento 014-04924/2020.


Em face do exposto, considerando-se as razões expostas, bem como a manifestação ministerial favorável, a pedido da Autoridade Policial da 59ª DP – foi decreto a Prisão Temporária de Thais Francisco Lima Barcellos Zampires, pelo prazo de 30 dias, pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Duque de Caxias, Nº do Mandado de Prisão: 0039622-23.2020.8.19.0021.01.0003-27, pelo crime de Roubo Majorado (Art. 157, § 2º – CP), com validade até outubro de 2021.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Thais Francisco, que ainda se encontra em liberdade e também da identificação do homem que acompanhava, pedimos que denuncie anonimamente pelos seguintes canais abaixo:

WhatsApp Portal dos Procurados: (21) 98849-6099


Telefone do Disque-Denúncia (21) 2253-1177

APP “Disque Denúncia RJ “.

https://twitter.com/PProcurados (mensagens)

Todas as informações sobre o caso serão encaminhadas para 59ª DP que está encarregada do caso e do inquérito criminal.


Via O São Gonçalo




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages