Mulher é presa após ofender funcionários e clientes de padaria: "tenta me bater, tenta... B* no c*.” - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Mulher é presa após ofender funcionários e clientes de padaria: "tenta me bater, tenta... B* no c*.”

Compartilhe
Vídeo mostra mulher agredindo funcionários e clientes de padaria


Uma mulher foi presa em flagrante pela Polícia Militar (PM), na última sexta-feira (20), por injúria racial, lesão corporal e homofobia contra funcionários e clientes de uma padaria na Zona Oeste de São Paulo. 

Um vídeo que circula nas redes sociais a mostra ofendendo uma funcionária do estabelecimento comercial e agredindo um dos clientes.


De acordo com o registro elas são dois artistas de 24 anos. 

Os jovens relataram que foram jantar na Dona Deôla e que começaram a filmar a mulher depois que, segundo eles, ela passou a ofender uma garçonete e um funcionário "em razão de um problema com a comida".

Os rapazes disseram que ainda chamaram a atenção dela, dizendo que ela "não tinha o direito de ofender" os funcionários. 


Em seguida, relatam, a mulher passou a ofendê-los, os chamando de "veados", que "odeia veados" e que os "gays seriam o mal do mundo e que seriam todos aidéticos e que só serviam para passar doenças".

Na filmagem, a mulher humilha uma funcionária dizendo que “você ainda trabalha na Dona Deôla. Você não é a rainha da Inglaterra”.

Em seguida, um rapaz rebate e fala: “Ela não está aqui para te servir, amore. Ela não vai te servir”.

Em outro momento do vídeo, a mulher xinga alguns clientes com palavras homofóbicas:

“Você sabe que dar o c* dá um problema seríssimo...”, diz a mulher, que fala mais palavrões para um cliente. "Tenta me bater, tenta... B* no c*.”

Em seguida, a mulher passa a bater num dos clientes com tapas e socos.



Via G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages