Médico emociona e surpreende paciente cega ao imprimir ultrassonografia 3D de bebê - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Médico emociona e surpreende paciente cega ao imprimir ultrassonografia 3D de bebê

Compartilhe

a

Tatiana Guerra, de 30 anos, estava grávida quando recebeu o convite para participar de um comercial onde descobriria o sexo do seu bebê. Só que no local, ela teve duas surpresas que com certeza não esquecerá nunca!



Essa futura mãe estava com 20 semanas de gravidez e nunca teria a oportunidade de ver o seu bebê pelo exame de ultrassom, pois tem apenas 8% de visão. Tatiana já é mãe de uma menina e estava grávida pela segunda vez.



Durante o exame, ela recebeu do médico o rosto do menino, impresso em uma moldura 3D. O resultado? Muita emoção de todos que registraram esse momento!

Tatiana frequenta o Lar das Moças Cegas, em São Vicente (SP), onde mora. Foi lá que ela recebeu o convite para participar do comercial de uma linha de produtos para bebês. Na ocasião, faria um ultrassom 3D, para identificar o sexo da criança.

Tatiana recebeu então a notícia de que esperava um menino, que ela já tinha escolhido o nome: Murilo! “Fiquei muito feliz, chorei. Queria mesmo um menino para fazer um casal e fechar a fábrica”, comentou.




Durante a gravação, o médico perguntou como ela imaginava o bebê. Tatiana deu todos os detalhes sobre a aparência de Murilo.

Logo em seguida, para sua surpresa, ela recebeu um gesso com o rosto do menino reproduzido e um recado em braile: “Eu sou seu filho”. Tatiana não segurou a emoção! Ela podia tocar e descobrir sobre os detalhes do rosto de Murilo.

“Eu não esperava, não sabia. Foi a mesma sensação que tive quando a Julia nasceu e o médico a colocou nos meus braços. Sempre perguntava para o médico se estava tudo bem, porque tomo remédios muito fortes. 


Tinha medo de ocorrer alguma má formação. Quando você faz um ultrassom, sabe que vai ver o bebê. Mas, no meu caso, sabia que não ia ver, tinha que perguntar. 

De repente, pude ver com as minhas mãos, foi emocionante. Consegui sentir onde estava o narizinho, a boquinha, a orelhinha”, conta Tatiana.






Fonte: Buzznicked

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages