Casal é vítima de 'novo golpe' em estacionamento de supermercado e faz alerta nas redes sociais - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Casal é vítima de 'novo golpe' em estacionamento de supermercado e faz alerta nas redes sociais

Compartilhe

 


migd

Um casal foi vítima de um golpe no estacionamento do Supermercado Atacadão de Realengo, no Rio.

Eles resolveram contar o que ocorreu para alertar a todos como funciona o golpe.

Segue o relato do casal nas redes sociais:

"Venho relatar o que aconteceu comigo e meu esposo no Atacadão de Realengo.


Entramos no estacionamento que estava relativamente vazio, colocamos o carro na vaga, pegamos as bolsas e saímos do carro.


Pegamos um carrinho com um FUNCIONÁRIO que estava recolhendo os carrinhos, quando estávamos chegando próximo a porta, ouvimos uma pessoa gritando, quando o olhamos era um senhor que aparentava pouco mais de 40 anos, e um rapaz jovem média estatura e magro. 

o Senhor gesticulava perguntando porque tinha atropelado o rapaz que estava com a mão no braço. Ficamos sem entender, olhamos pra trás pra saber com quem ele estava falando, e entramos no mercado. 

Quando estávamos fazendo as compras os dois sujeitos nos abordaram dentro do mercado para tirar "satisfação", nessa hora era o Senhor que estava com a mão no braço, disse que o atropelamos no estacionamento, que ele estava com o braço ferrado e perguntando como iria ficar a situação. 


Gente o estacionamento é enorme e estava vazio, praticamente impossível atropelar alguém ali, e mesmo se tivesse nos iríamos ouvir algum barulho, ver, qualquer coisa, até pq entramos devagar. 


Enfim por um momento batemos boca ali dentro do mercado, até pq tava na cara que isso era algum tipo de golpe, e resolvemos ir até o segurança pedir que olhasse nas câmeras. O segurança disse que ia solicitar, e que poderíamos continuar as compras normalmente, tipo que eles estavam cagando para situação e quiseram dar um tempo pra ver se os dois desistiram e iriam embora. 

Enfim passaram uns 20 min e fomos perguntar ao segurança se já tinha alguma posição. Simplesmente ele disse que a câmera não pegou o momento da Nossa entrada por ser giratório (Detalhe que em momento algum ele perguntou qual era o carro e o horário exato de nossa entrada) e que era pra gente resolver com eles dois lá fora. 

Começou uma confusão quase acabando em tragédia, o tal que estava com o braço "Ferrado" quis partir pra cima do meu esposo o provocando o tempo todo, por fim perguntei o que ele queria, se ele queria ir para o Upa que eu chamaria o uber. 


Chamei o Uber com destino ao UPA de Realengo, quando o carro chegou eles não quiseram entrar, falaram pra gente ir embora, nos ofendendo com vários xingamentos.

 

Enfim não sei que tipo de golpe é esse, nem qual era a real intenção deles, só sei que nunca mais piso naquele lugar, tomei pavor!! 

E minha intenção com esse relato é alertar os frequentadores de lá, tomem muito cuidado, pois lá não se tem segurança nenhuma, e eles não se responsabilizam por nada! 

Quando largamos nosso carrinho lá, o segurança ainda perguntou se não iríamos terminar as nossas compras! Surreal isso!

Tomem cuidado!"



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages