Laboratório que revendia próteses compradas de cemitérios como se fossem novas é interditado pela polícia no Rio - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Laboratório que revendia próteses compradas de cemitérios como se fossem novas é interditado pela polícia no Rio

Compartilhe


Nesta segunda-feira (01/02), a Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon), realizou uma operação que resultou na interdição de um laboratório protético irregular no bairro Ricardo de Albuquerque, na Zona norte do Rio. 


De acordo com a polícia, o responsável pelo espaço comprou as peças de um cemitério secreto da região metropolitana e as revendeu ao dentista como se fossem novas. 

A fraude envolveu materiais conhecidos como "roach", que são próteses dentárias removíveis. 


Foram identificados pelo menos dois cemitérios participantes do plano, um em São Gonçalo e outro na Baixada Fluminense, mas a Decon ainda está em busca de outros endereços. 

Dois suspeitos foram presos em flagrante por crimes que colocam consumidores em risco e a saúde pública, sendo que as penas somadas podem chegar a 6 anos de prisão. 


Uma investigação mostra que eles atuam nessa área há pelo menos 3 anos.

-A investigação ainda está em andamento, e agora todas as clínicas odontológicas que adquiriram as peças serão avisadas. 

Obviamente, estas clínicas também foram lesadas e não sabem de onde veio o material.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages