Técnica de enfermagem, moradora de Nova Iguaçu, morreu ao ser baleada em trem quando ia para o trabalho - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Técnica de enfermagem, moradora de Nova Iguaçu, morreu ao ser baleada em trem quando ia para o trabalho

Compartilhe



Uma jovem que adorava trabalhar e que sonhava em ingressar na área da saúde da Marinha. 


A técnica de enfermagem era cuidadora de idosos. 



Jéssica dos Santos Souza, de 25 anos, foi morta por uma bala perdida dentro de um trem, neste domingo, na estação de Sampaio do ramal Japeri.


A técnica de enfermagem era moradora do Bairro Danon, em Nova Iguaçu,  estava indo trabalhar como cuidadora de um casal de idosos, no Rio quando um policial trocou tiros com bandidos durante uma tentativa de assalto. 



Ela ainda foi levada para o Hospital Salgado Filho, no Méier, mas morreu ainda dentro da ambulância.


"Soube que tinha acontecido um assalto no trem e que ela estava no Salgado Filho. Larguei tudo e vim pra cá. Quando cheguei já a encontrei assim (morta).



 Mas, creio que ela está bem. Deus me deu, Deus levou. Ela está nos braços do Pai — disse a mãe da técnica de enfermagem, que também é evangélica.


Jéssica era casada há 4 anos, e havia saído de casa para trabalhar por volta das 5h30.


Depois de pegar um ônibus e desembarcar na estação de Nova Iguaçu, ela entrou no trem que a levaria até ao município do Rio. 



A viagem da cuidadora foi interrompida por tiros. 


Um vídeo circula nas redes sociais mostrando outros passageiros tentando reanimar a vítima ainda dentro de um dos vagões da composição. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages