Homem que matou colega do curso técnico de enfermagem a facadas ficou revoltado após vítima ter dito que queria ser apenas sua amiga - Baixada Viva Notícias

Responsivo após foto post

Homem que matou colega do curso técnico de enfermagem a facadas ficou revoltado após vítima ter dito que queria ser apenas sua amiga

Compartilhe

 




Uma amiga da jovem Vitórya Melissa Motta, de 22 anos, morta a facadas dentro de um shopping em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, relatou à Polícia Civil detalhes da relação entre a vítima e Matheus dos Santos da Silva, acusado de ter cometido o crime. 




A testemunha, Ana Franciane de Oliveira, era colega de turma de Vitórya e Matheus no Curso Técnico de Enfermagem no Senac. O rapaz foi preso em flagrante na última quarta-feira, acusado de feminicídio.




Em depoimento aos policiais da 76ª DP (Niterói), ao qual o GLOBO teve acesso, Ana contou Matheus tinha se declarado para Vitórya, mas a jovem disse ao colega que a relação entre ambos era apenas de amizade. 


A testemunha também relatou que recentemente a vítima tinha decidido se afastar de Matheus para não dar a ele qualquer esperança, o que teria provocado a ira do rapaz.



Ana disse ainda que conversou com Matheus, a pedido de Vitórya, com a intenção de confortá-lo. 


No entanto, ele mostrou indignação com o comportamento da vítima e afirmou estar sendo desrespeitado por ela. 


Para a testemunha, Matheus cometeu o crime porque a vítima não estava correspondendo seus sentimentos.




Ainda segundo Ana, Vitórya era a única amiga de Matheus no curso técnico. 


Segundo ela, o rapaz era bastante introvertido e só tinha relação próxima com a vítima. 


A jovem complementou que Matheus apresentava sérias dificuldades comunicando-se pessoalmente, se expressando em tom de voz tão baixo que era difícil compreendê-lo. No entanto, por WhatsApp, ele se expressava muito bem.





Fonte: Jornal Extra


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Responsivo final texto

Pages