Bolsonaro ganha forte apoio ao falar sobre prisão perpétua para assassinas de Rhuan

junho 18, 2019

Reprodução: Arquivo pessoal / G1 / Planalto


O presidente Jair Bolsonaro (PSL) se manifestou sobre a morte de Rhuan Maycon, de nove anos, assassinado à sangue grio por sua mãe e a companheira dela, no dia 31 de maio, em Samambaia, no Distrito Federal.

Em sua postagem no Twitter, feita na tarde desta terça-feira (18), Bolsonaro lamentou o fato de não haver prisão perpétua no Brasil e recebeu apoio de seus seguidores.

“O chocante caso do menino Ruan, que teve seu órgão genital decepado e foi esquartejado pela própria mãe e sua parceira, é um dos muitos crimes cruéis que ocorrem no Brasil e que nos faz pensar que infelizmente nossa constituição não permite prisão perpétua”, escreveu o presidente.

Cerca de um ano antes de ser morto, Rhuan teve o órgão genital arrancado em uma “cirurgia” feita por sua própria mãe. O menino era impedido de ir à escola e não podia ter amizade com colegas da mesma idade.

Bolsonaro foi elogiado pelo posicionamento. O deputado federal Sargento Fahur, do Paraná, comentou. “Depois que falo em pena de morte para bandidos de alta periculosidade, tem uns frescos que me condenam”, escreveu.

O assassinato de Rhuan teve requintes de crueldade e já é apontado como um dos crimes mais bárbaros ocorrido no Brasil nos últimos anos. 

As penas duas assassinas podem chegar a 57 anos de prisão. Mas de acordo com o Código Penal Brasileiro, a pena máxima a ser cumprida é de 30 anos.

“Quase não se fala do caso do Ruan nas mídias tradicionais, contudo, após o presidente pronunciar a palavra ‘prisão perpétua’ esquecerão da dor de uma criança pela cruel tortura para polemizar a fala do presidente”, escreveu outro internauta.


e privacidade n
ivacidade no Twitter Ads


- O chocante caso do menino Ruan, que teve seu órgão genital decepado e foi esquartejado pela própria mãe e sua parceira, é um dos muitos crimes cruéis que ocorrem no Brasil e que nos faz pensar que infelizmente nossa constituição não permite prisão perpétua.



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

LEIA OUTRAS MATÉRIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

PRÓXIMA
Next Post »

9 comentários

Write comentários
29 de junho de 2019 17:37 delete

Conclamo às presas que estão para onde elas serão mandadas serão as juízas e carrascos desta duas bestas imundas. Não façam as coisas com pressa, façam-nas sofrer.
Assim teremos as leis.

Reply
avatar
30 de junho de 2019 07:51 delete

Demorou para colocar em prática a lei.O ruim é q ainda teram que sustentar esses tipos......Como se no País não existisse outros poblemas.....Mas o mais é por uma boa causa trata de violência contra criança....E o Presidente tem o dever de pronunciar e o justo seria ter tido um trabalho preventivo antes do acontecer.Agora cabe as autoridades decidir.Até porque justiça dar direito para os justos e para injusto.

Reply
avatar
1 de julho de 2019 05:35 delete

A sociedade é quem sofre com essa justiça e suas leis frouxas, que padecemos duas vezes uma por incentivar outras mortes de inocentes porque sabem que a ponição é

Reply
avatar
1 de julho de 2019 05:41 delete

A punição é muito fraca, e a outra é alimentar esses assasinos por muito tempo , como punição para as pessoas de bem que pagam seus impostos,sem ter uma educação, Saúde , esegurança.

Reply
avatar
2 de julho de 2019 08:48 delete

Creio que não seria o bastante manter essas senhoras atrás das grades por toda suas vida.

Reply
avatar
3 de julho de 2019 12:20 delete

Alguém ainda acredita que essa brutalidade vai ficar impune dentro do presídio essas psicopatas num duram uma noite pode anotar ai

Reply
avatar
5 de julho de 2019 17:21 delete

Pena de morte para estas crinosas e outros urgente

Reply
avatar
6 de julho de 2019 04:13 delete

Há deveria ter prisão perpétua neste país, e para crimes assim só a pena de morte. Seria profilaxia, livrar o país de pestes assim.

Reply
avatar